Relogio
..::data e hora::.. 00:00:00
Santa Catarina é o estado com maior taxa de vendas online
29/03/2018 11:37 em Tecnologia

Estado também está acima da média nacional, e possui a maior taxa de compras online da região Sul

Fonte: http://www.portaldailha.com.br/noticias/lernoticia.php?id=42710

O cenário econômico pouco favorável no Brasil não impediu que o comércio virtual nacional crescesse. O setor de vendas online cresceu 12% em 2017 (Atlas), apontando que mesmo em clima de recessão econômica, o brasileiro ainda está consumindo e cada vez mais online, principalmente em Santa Catarina, estado com maior taxa de conversão de vendas online (1,7%) segundo o relatório “E-commerce Radar”, feito pela Atlas, seguido por Rio de Janeiro (1,6%), Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul, ambos com taxa de conversão de 1,5%.Os estados mencionados estão acima da taxa de conversão nacional, de 1,4%. Santa Catarina também é líder em conversão de vendas dentre os estados do sul, Rio Grande do Sul aponta uma taxa de conversão de 1,5%, seguido do Paraná 1,3%.

O alto índice de conversão de vendas online em Santa Catarina pode estar ligado ao elevado acesso da população à internet: 73,3% dos domicílios contam com acesso à rede, segundo o PNAD, mais uma vez acima da média nacional, de aproximadamente 69,3%. Outro ponto interessante a ser mencionado é o aumento de 28% da renda média domiciliar per capita dos catarinenses entre 2014 e 2017, de R$ 1.245 para R$ 1.597, sendo 7 pontos percentuais a mais do que o aumento nacional, deixando o estado em 4º lugar no levantamento do IBGE de renda média residencial per capita.         

A pesquisa nomeada "Logística do E-commerce Brasileiro 2017", realizada pela ABComm (associação brasileira do comércio eletrônico), afirma que a logística é o fator chave de sucesso em uma loja virtual, e para 75,8% dos entrevistados o principal motivo para oferecer a entrega grátis é aumento que gera nas vendas, seguido pelo fato de aumentar o tíquete médio (42,2%). Santa Catarina aparece em 21º no ranking de insatisfação com serviços dos Correios para entrega de compras em lojas virtuais. Os estados vencedores no ranking de insatisfação com os serviços são Rio de Janeiro, em 1º lugar, Bahia, em 2º lugar, Pernambuco em 3º lugar e Amazonas em 4º lugar. 

De acordo com o relatório E-commerce Radar, feito pela Atlas, a porcentagem média de vendas com entrega grátis é 30%. A categoria casa é a destaque em maior porcentagem de pedidos com frete grátis (57,4%), seguido por brinquedos (56%) e calçados (52,2%). Por outro lado, as que possuem o maior preço de entrega sobre as vendas são: livraria (16,8%) e farmácia (15,7%). Consequentemente o índice de abandono de carrinho nestas duas categorias são as mais altas, 88% para livraria e 88% em farmácia. Sinal que ainda há muitos pontos a serem melhorados no preço da logística ao consumidor final. Os eletrônicos, apesar do índice relativamente baixo de entrega grátis nas vendas (14,1%), destacam-se no relatório por terem o menor índice de abandono no carrinho de compras (69%), além da porcentagem do valor da entrega ser de aproximadamente 10%. 

A Atlas aponta que, geralmente, a porcentagem do frete cobrado com cima das vendas é de aproximadamente 10,6%. Veja no infográfico interativo compilado pelo Cuponation as informações sobre o valor do frete e porcentagem de entrega grátis das 19 principais categorias dos produtos vendidos em mais de 1000 lojas online em território nacional, baseado no estudo E-commerce Radar da Atlas. O material também contém as taxas de conversão de vendas por estado e o ranking de insatisfação com o serviço dos Correios.

 

 

 

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
Previsão do tempo em Jaraguá do Sul