Relogio
..::data e hora::.. 00:00:00
SENAI projeta avanços com o Centro de Inovação
14/06/2018 22:07 em Educação
 
 
O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) está entre as quatro instituições de ensino inseridas no Centro de Inovação Jaraguá do Sul por meio do Grupo Gestor, juntamente com a Católica SC, Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) – Câmpus Rau e Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC). O equipamento público será inaugurado nesta sexta-feira (15), às 15h30,  gerando grande expectativa na comunidade do Vale do Itapocu. 
 
Hoje a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio, Serviços e Turismo encerra a série de entrevistas com os gestores das quatro entidades educacionais e apresenta o diretor do SENAI, Osvair Matos, o professor Alexandre Santos e os estudantes  Bruno Zick e Denilson Koslopp, ambos com 22 anos e colegas do 7º semestre do curso Tecnólogo em Automação Industrial. Os quatro entrevistados expõem suas
expectativas em relação ao novo equipamento público.
 
Para o diretor da unidade Jaraguá do Sul do Senai, Osvair Almeida Matos, o o espaço tecnológico otimiza processos. “O Centro de Inovação vem justamente atender uma necessidade da região”, pontua. “Nossa região historicamente tem muito forte essa questão de inovação. Mas recentemente, em função de todo o contexto socioeconômico que o país passou, nossa região acabou sendo muito impactada e perdeu muitos valores agregados”, reconhece. Entende que através da inovação será possível resgatar a competitividade, não somente em nível local, mas nacionalmente e até em nível mundial: “A inovação é o caminho para a gente voltar a ocupar posições de destaque, onde Jaraguá do Sul sempre esteve”, enfatiza ele.
 
Institutos em SC
 
“Nos últimos seis anos, o SENAI vem desenvolvendo um projeto nacional muito forte em relação à educação, estruturando vários institutos no Brasil, de tecnologia e inovação”, lembra. Osvair destaca que existem 10 institutos em Santa Catarina, dos quais três têm ênfase em inovação e sete em tecnologia. Vale lembrar que a unidade Jaraguá do Sul do SENAI sedia o Instituto de Tecnologia Eletroeletrônica, para dar suporte às indústrias no segmento.
 
“Vamos poder apoiar o Centro de Inovação, para desenvolver projetos em parceria com os demais atores (instituições educacionais), em ações com ênfase na inovação. Através de cientistas de dados, de análise de informações, poderemos fazer com que nossas máquinas, consequentemente, se tornem mais eficientes. O Senai, junto com o Centro de Inovação, pode contribuir nesse habitat, auxiliando, apoiando startups, indústrias que necessitam de apoio, para contribuir no desenvolvimento.”
 
Automação industrial
 
O professor dos cursos de engenharia e tecnologia em automação industrial da Faculdade Senai, Alexandre Santos, demonstra entusiasmo com o Centro de Inovação. “Vejo o Centro de Inovação como um elo de desenvolvimento e integração entre a indústria e a academia. Podemos utilizar esse fomento para desenvolver novas pesquisas e novas metodologias de ensino, para agregar tecnologias para a indústria e para toda a comunidade.”
 
O educador ressalta que os alunos da Faculdade Senai podem se beneficiar com a entrega do empreendimento. “Dentro da academia, o estudante tem a parte conceitual muito forte. E até mesmo o Senai, que tem um viés bem prático das aplicações. O estudante vai estar mais próximo da realidade da empresa, do desenvolvimento das empresas. E acima de tudo, para a necessidade que as empresas têm, para novos produtos e novas pesquisas, para alavancar com isso novos negócios.” Também assinala que o aluno terá a possibilidade de se inserir como empreendedor, ou a partir de startups, networks, no mercado de trabalho. 
 
Alexandre acredita que, tanto para projetos, como para empresas incubadas, novas empresas podem surgir, com novas fontes de pesquisa e inovação. “Vejo como fantástica essa possibilidade”, resume Alexandre Santos.
 
Estudantes otimistas
 
O estudante Bruno Leonardo Zick elabora trabalho de conclusão de curso (TCC) sobre Monitoração de Kart Elétrico, juntamente com o colega Denilson Knopp. Os dois atuam em uma grande indústria, na área de automação, e estão otimistas com o leque de oportunidades que se abre a partir de agora. “O aluno sai daqui (Senai) com um projeto em mente. Esse polo é importante para que se tenha onde recorrer, para se ter uma assessoria de apoio, incubado lá (no Centro de Inovação), para contribuir no conhecimento”, observa.
 
Denilson  Koslopp referenda as palavras de Bruno Zick e confirma que  vislumbra uma possível participação em edital para ingresso na incubadora do Centro de Inovação, como forma de impulsionar ainda mais a carreira profissional. ”Cursando automação industrial, a gente consegue tirar uma ideia do papel e colocar na prática, já se faz algumas simulações aqui (no curso), de protótipos. Com certeza tenho muito interesse em também participar do Centro de Inovação”, assegura.
 
Fotos: Patrick Titz/PMJS
- Diretor Osvair Matos e Professor Alexandre Santos
- Alunos Bruno Zick e Denilson Koslopp
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
Previsão do tempo em Jaraguá do Sul