Relogio
..::data e hora::.. 00:00:00
Alunos da Estrada Nova se tornam pequenos escritores
06/12/2018 09:20 em Educação
 
 
 
Cinquenta e quatro alunos da Escola Marcos Emilio Verbinnen, na Estrada Nova, estão se preparando para uma noite de autógrafos nesta quarta-feira, dia 5, na própria escola. No total 111 alunos participaram do projeto Pequenos Escritores, da Plataforma Estante Mágica, um portal gratuito de projetos pedagógicos para escolas que inclui a publicação de livros de verdade.
 
Tudo começou com uma ideia da diretora da escola, Rosangela S. Kleine, depois de assistir a um programa de TV que falava da Plataforma Estante Mágica. “Logo pensei que poderia tentar fazer acontecer na nossa escola. A gente se encaixava nos critérios exigidos, como ser escola pública, do Sul do País e ter no mínimo cem alunos envolvidos no projeto. Falei com as auxiliares de biblioteca e elas toparam na hora. Depois, os professoras também compraram a ideia, trabalhando a produção de texto”, conta Rosangela. 
 
A partir daí, o momento da biblioteca na escola passou a ser diferente, com os alunos sendo protagonistas e as auxiliares de biblioteca, Aline Bento e Jessica Kappaun, sendo as “ouvintes” das histórias. E foram muitas. Cento e onze para ser exato. A professora Mariana Aparecida Pedroso Ribas Lenckulh, que leciona para o 5º ano, conta que a produção de texto, que é um “calcanhar de Aquiles” para as crianças, se tornou algo prazeroso e concreto com o projeto Pequenos Escritores, o que facilitou muito as aulas e o ensino dos gêneros textuais. No seu caso, os contos de fadas e os recontos.
 
A Plataforma Estante Mágica (estantemagica.com.br) oferece botões de passo a passo para que os alunos possam produzir os textos, desenhar as ilustrações da capa e das páginas internas. A biografia dos alunos, com direito a foto do autor, é feita pelos pais, que precisam também acessar a plataforma para escrever um breve histórico do filho. A partir daí todos os alunos podem ler o seu próprio e-book na página da estante mágica. Aos alunos que compram algum exemplar de livro impresso, também é dada a oportunidade de ver a sua obra materializada, com ilustrações coloridas e capa. A escola precisa apenas inscrever o projeto e bancar o material de expediente. No caso da Escola Marcos Emílio Verbinnen a Plataforma Estante Mágica imprimiu 54 obras (54 autores diferentes), num total de 122 exemplares. A noite de autógrafos para a comunidade escolar será nesta quarta, a partir das 18 horas, na própria escola. Toda a comunidade é convidada a prestigiar.
 
A aluna do 2º ano Isabelly da Silveira, oito anos, deu o título de “As frutas e o chocolate” ao seu livro, impresso em capadura. Isabelly desenvolveu uma narrativa contando a história das frutas e verduras e do pote de nutella, que queria ser amigo das frutas, mas elas o excluíram, porque ele não era saudável. Como ele fica triste, as frutas repensam seu pensamento de exclusão e decidem que ele pode brincar com elas todos os dias, desde que seja um pouquinho. A aluna mostra toda orgulhosa sua obra e diz que foi muito legal produzir sua própria história, baseada nas aulas da professora sobre alimentação saudável. Assim como Isabelly, Gabriela e Ryan, 11 anos, do 5º ano, também se inspiraram em conteúdos de seu dia a dia para fazer as obras “O acampamento da família Silva” e “O desmatamento na floresta”. Fazer os textos foi moleza, conta Ryan. O que ele mais sente dificuldade é de lidar com a fama. Na hora dos flashes, ele fica encabulado.       
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
Previsão do tempo em Jaraguá do Sul