Relogio
..::data e hora::.. 00:00:00
esporte
Cerimônia de entrega de certificados lota a Scar
20/05/2022 14:02 em Geral


A Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) entregou ontem (19), na Scar, cerca de 450 certificados do Programa Bolsa Técnico Cultural. O evento foi destinado para estudantes que finalizaram o primeiro módulo de aulas gratuitas de violão, ukulele, flauta, teatro, canto coral e técnica vocal, dança criativa, balé clássico, pintura e desenho, violino, danças urbanas, percussão e musicalização. 

 Na ocasião, o chefe de gabinete, João Berthi, representando o prefeito Jair Franzner, enalteceu o programa desenvolvido pela Secel, criado em 2018 e que, desde então, atendeu mais de quatro mil alunos. A secretária Natália Lúcia Petry explicou que o programa tem entre os objetivos a inclusão do maior número de munícipes, das mais variadas idades, nas modalidades culturais previstas no edital. “O objetivo é atender as pessoas que desejam fazer atividades culturais, revelar novos talentos, oportunizar o desenvolvimento dos profissionais da área e apoiar as entidades promotoras de cultura da cidade”, explicou.

Um professor de cada modalidade falou da experiência frente ao programa e da necessidade de levar cultura para a população das mais diversas localidades do município. “Essa cerimônia simboliza uma grande conquista para todos nós. O recebimento de um certificado é bem mais do que um pedaço de papel, é a comprovação de que acreditamos que a arte é capaz de transformar a vida de muita gente. Afinal, a arte existe porque a vida não basta”, disse a professora de teatro, Thaysa Petry Lisbôa

A professora de música, Betina Hardt, disse que o gênero conta com  linguagem universal, agrada a todos, transcorre com facilidade em diferentes contextos e proporciona uma série de benefícios. “Estudar e praticar a música desenvolve a auto-estima, concentração, criatividade, disciplina e coordenação motora”, explicou.

O professor Beto Saurini comparou a dança à poesia visual, emoção em movimento que transmite sentimentos humanos pelas suas formas estéticas. “A dança disciplina corpo, mente e espírito com exatidão anatômica e mecânica”, ponderou.

Desde a sua criação, o Programa Bolsa Cultural  vem recebendo incremento, melhorias e ajustes. Em 2021, além de mais professores, foram ampliadas as modalidades dos cursos ofertados e os locais de realização. Ainda em 2021, a Secel promoveu a aquisição de instrumentos musicais, equipamentos de som e material de trabalho para todos os cursos.  Os professores foram selecionados por meio de edital, o que garantiu qualificação técnica. A secretária ainda falou da importância das parcerias firmadas com associações, instituições e universidades. “A cooperação vem se fortalecendo com o passar dos anos, tanto no esporte quanto na cultura”, comemora. 
 
Na programação da cerimônia constaram apresentações artísticas como a do Grupo Viocello Viocello, formado pelo duo jaraguaense Kairo Kanzler (violino) e Augusto Gruetzmacher (violoncelo), além de Jefferson Kriese na flauta transversal. Para este formato de apresentação houve, também, a participação de mais dois músicos convidados em um repertório eclético: Renê dos Santos (violão) e Lucas Sabel (bateria e percussão).

A segunda apresentação da noite ficou por conta do artista Anderson Santos, com a peça: Vovó Naná e a Panela Mágica. O Studio Liss foi encarregado da última exibição, com fragmentos de coreografias e a participação especial da Acro Equilibrium. Criado há 13 anos, o grupo Liss representará o Brasil no Festival Stage Dance Championship, programado para setembro, no México.

 

Mais informações sobre o Programa Bolsa Técnico Cultural podem ser obtidas pelo fone 3270-4300


Notícia relacionada


Mais fotos 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
Previsão do tempo em Jaraguá do Sul
Publicidade