Relogio
..::data e hora::.. 00:00:00
Caminhada contra Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes nesse sábado (18)
14/05/2019 23:21 em Geral
 

Jaraguá registra um aumento de 83% de casos denunciados no primeiro trimestre deste ano

A Prefeitura de Jaraguá do Sul, por meio da Secretaria de Assistência Social e Habitação, convida a comunidade jaraguaense a participar de evento alusivo ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes que será realizado no sábado (18). Nesse dia acontecerá uma caminhada, partindo do Museu da Paz (em frente ao Terminal Urbano) às 9 horas, tendo como percurso a Avenida Getúlio Vargas e o Calçadão da Marechal, até a Praça Ângelo Piazera, onde estão previstas outras atividades a partir das 9h30: solenidade com execução do Hino Nacional e fala de autoridades; apresentações culturais e distribuição de fleyers informativos com dados de ocorrências em Jaraguá do Sul. O evento, que conta com a parceria das secretarias de Educação e de Esporte, Cultura e Lazer, Peal Programa Espaço Alternativo e Scar, encerrará às 12 horas.

A secretária de Assistência Social, Maria Santin, chama a atenção para a importância do engajamento da comunidade no combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes, envolvimento que reflete no número de casos denunciados, conforme registros do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas). De acordo com a gerente de Proteção Social Especial, Maria Andréia Stank, os atendimentos realizados nos Creas revelam que um aumento de 83% no número de casos de violência sexual no município no primeiro trimestre desse ano, comparado à média do mesmo período nos anos de 2017 e 2018. “Nesses dois anos, houve um total de 148 casos, resultando em uma média de seis por mês, enquanto que nos três primeiros meses de 2019 tivemos 34 casos”, explica Maria Andréia.

Na avaliação da secretária Maria Santin, esse aumento não reflete necessariamente o número real de casos e sim a iniciativa cada vez maior das pessoas em realizar denúncias, uma vez que, segundo estudo divulgado pela OAB/RS em maio de 2018, a cada 24 horas, 320 crianças/adolescentes são vítimas de abuso. Já a Fundação Propaz calcula que quatro crianças são vítimas de abuso a cada hora. O material a ser distribuído no sábado traz ainda a informação de que aproximadamente 500 mil crianças e adolescentes – a maioria delas com idade entre 7 e 14 anos – foram exploradas sexualmente no Brasil no período de 2012 a 2015.

Exploração sexual/abuso sexual
A gerente de Proteção Social Especial, Maria Andréia, explica que a exploração sexual é caracterizada pela relação sexual de crianças ou adolescentes com adultos, mediada pelo pagamento em dinheiro ou qualquer outro benefício. Já o abuso sexual pode acontecer dentro ou fora do núcleo familiar, sendo todo o ato, com ou sem penetração, entre adulto e criança ou adolescente, para obtenção de prazer. Detectando-se qualquer desses casos, a denúncia pode ser feita pelo Disque 100 ou ao Conselho Tutelar, ligando para 0800-642-0122.
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
Previsão do tempo em Jaraguá do Sul